Marcadores

terça-feira, 27 de junho de 2017

Ayrton Senna, Emerson Fittipaldi e os mangás







De acordo com o livro Ayrton, o herói revelado de Ernesto Rodrigues, lançado em 2004, Ayrton Senna era fã do anime Speed Racer na infância, embora naquela época, a série não era identificada como japonesa.

Ayrton Senna e Speed Racer, arte do brasileiro Luke Ross

Embora Speed Racer não fosse sobre Fórmula 1, alguns episódios mostraram carros parecidos com os de Fórmula 1 (ao menos como eram em 1967), são eles os episódios duplos The Royal Racer (episódios 24 e 25) The Secret Invaders (episódios 38 e 39) , no primeiro, Gorducho participa de uma corrida para garotos de 8 a 13 anos. O episódio é inspirado em O Príncipe e o Mendigo de Mark Twain.









No segundo, Speed e o Corredor X aparecem correndo com versões de seus carros parecidas com os carros de Fórmula 1 do Mach 5 e o Shooting Star, em 2008, a fabricante de brinquedos Jada Toys comercializou miniaturas dos dois carros.








Cena do Episódio The Royal Racer

Cena do episódio duplo The Secret Invaders




Carros de Fórmula 1 em 1967

Em 1988, Ayrton Senna vence o Grande Prêmio do Japão, em 1990, aconteceu algo que parecia improvável, a revista Weekly Shōnen Jump da editora Shueisha, se torna patrocinadora da escudeira McLaren, não demorou, a revista resolveu utilizar o piloto em histórias e em capas, Senna aparece no mangá GP Boy de Kunihiko Akai (roteiro) e Hirohisa Onikubo (desenhos), publicado entre as edições 31 e 47 (1990-1991) da revista, Senna se tornaria protagonista de F No Senkou – Ayrton Senna no Chousen, publicada entre as edições 35 e 51, a série foi idealizada pelo comentarista esportivo Kōyū Nishimura e produzida por Katsuhiro Nagasawa e Hirohisa Onikubo, além de Senna, aparecem Emerson Fittipaldi, Nelson Piquet, Mauricio Gugelmin e Roberto Pupo Moreno. Na edição 44, Akira Toriyama, criador de Dragon Ball, produziu o mangá BattleMan F-1 GP!, misturando fotos e desenhos, o artista aparece apertando a mão de Senna. O autor também homenageou o piloto brasileiro em ilustrações e capas da revista, Tsukasa Hojo, artista de City Hunter também prestou uma homenagem com seus personagens.











Arte de Tsukasa Hojo






Embora tenha ficado em segundo lugar no GP do Japão, Senna venceu por pontos a temporada daquele ano. No ano seguinte, vence o GP do Japão, em 1993, a Sega lança Ayrton Senna's Super Monaco GP II para Mega Drive, Master System e Game Gear, o jogo é uma sequência do jogo Super Monaco GP, lançado em 1989.




Em 2008, o mangaká Noboru Rokuda, fez uma arte de Ayrton Senna para o jornal Asahi Shimbun em uma edição dedicada a personalidades mundiais, Rokuda é o autor de F, um mangá sobre Fórmula publicado pela entre 1985 e 1992 na revista seinen (para adultos) Big Comic Spirits da editora Shogakugan, gerando 28 volumes tankohons o autor havia retornado com a franquia entre 2002 e 2006, quando publicou o mangá F Regeneration Ruri na revista japonesa Auto Sport da Sanei-Shobo (falarei dela mais a frente), gerando 12 volumes tankohons pela Shueisha, entre 2009 e 2011, publica mais um mangá, F Final, que teve apenas 3 volumes tankohons.

Página do mangá F

Senna por Noboru Rokuda



Senna inspirou o personagem Sena Kobayakawa do mangá Eyeshield 21, escrito por Riichiro Inagaki e ilustrado por Yusuke Murata, um mangá sobre futebol americano.



Embora essas aparições de Ayrton Senna nos mangás sejam notórias, ele não foi o primeiro piloto brasileiro a aparecer em mangás, Emerson Fittipaldi, já havia aparecido em outro mangá na década de 1970, ele apareceu ao lado de Mario Andretti, Ronnie Petterson, James Hunt, Niki Lauda, entre outros pilotos reais no mangá Pegasus Akai (Pegasus Vermelho) de Motoka Murakami, publicado entre 1977 e 1979 na revista Weekly Shonen Sunday da Shogakugan, o mangá contava a história do fictício piloto Ken Aqaba.


Capa de Akai Pegasus, o protoganista usa um penteado parecido com o de Fittipaldi


Conforme mencionei acima, a revista japonesa Autosport publicou o mangá F Regeneration Ruri de Noboru Rokuda, a revista certamente é inspirada na britânica de mesmo nome, tanto que publica matérias traduzidas da mesma, não encontrei informações se a franquia Autoesporte do Grupo Globo (revista e programa de TV) teriam relação com a publicação britânica, ambas as revistas, japonesa e brasileira, estrearam em 1964, 14 anos após o lançamento da britânica.




Contudo, o mangá de Rokuda teve hiatos durante a publicação, a solução foi publicar o mangá Oresama Retsuden de Arino Atsushi, publicado entre 2003 e 2006, gerando três volumes publicados em 2007, teve três volumes tankohons liberados, a série voltou a ser publicada em 2008, embora fictícia e satírica, a série forneceu biografias de pilotos, dentre eles, Emerson Fittipaldi, Senna não teve uma biografia, mas aparece nas de Alain Prost e Eddie Irvine e Nigel Mansell.





Emerson Fittipaldi

Senna e Alain Prost
Arte publicada no primeiro volume de Oresama Retsuden com Alain Prost em pé (de vermelho, ao lado da moça de guarda-sol) e Emerson Fittipaldi sentado e de óculos e Irvine atrás dele.




Referências

Alexandre Nagado, Herói Gold #24, maio de 1995 Acme/Nova Sampa

Heróis do Futuro #1, Shonen Jump - A Revista mais vendida no Planeta, 1995, Press Talent

F No Senkou – Ayrton Senna no Chousen - Genkidama

The Royal Racer

Speed Racer Formula 1 Mach 5

Senna em histórias de mangá no Japão

50 personalidades viram mangá no Japão

"Dragon Ball" e F1: Goku já pilotou o carro de Ayrton Senna

「赤いペガサス 6巻」 村上もとか

70年代のF1マシン  6輪タイレル、ロータス79、フェラーリ312T2 ほか

Emerson Fittipaldi em mangá no Japão!

Ayrton Senna em mangá

Ayrton Senna Mangá

Akai Pegasus - Wikipédia em japonês

Dragon Ball e Ayrton Senna

Os 20 Anos Sem Ayrton Senna e História Inédita de Toriyama no Ocidente! Conheçam BattleMan F-1 GP!

Akai Pegasus Baka Updates

Oresama Retsuden - Wikipédia

F: Generation Ruri - Baka pdates

Oresama Retsuden - Site oficial de Arino Atsushi

Nenhum comentário:

Postar um comentário